Recife, 06 de junho de 2019

Após pressão, governo de PE remaneja ambulâncias do Samu compradas em 2013 para 27 municípios do Agreste, Mata e RMR

Foto: Mariana Carvalho

Vinte e sete ambulâncias zero quilômetro do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) doadas ao governo de Pernambuco em 2013 – nunca utilizadas – finalmente estão próximas de servir à população. O secretário estadual de Saúde, André Longo, que também responde pela presidência da Comissão Intergestores Bipartite (CIB/PE) de Pernambuco, determinou em resolução o remanejamento das viaturas para municípios do Agreste, da Mata e da Região Metropolitana do Recife. Os 27 veículos são divididos em dois lotes: as seis Unidades de Suporte Avançado (USA) e vinte e uma Unidades de Suporte Básico (USB).

Antes destinadas à Central de Regulação do Samu 192 da IV Macrorregião (Sertão do São Francisco) – ainda não construída -, as unidades foram remanejadas para municípios aptos para renovação de frota, como Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe e Limoeiro (Agreste), Carpina (Mata Norte), Catende (Mata Sul) e Ipojuca (RMR). A aquisição das 27 ambulâncias custou aos cofres públicos um montante de R$ 3,8 milhões a preços de 2013.

O impasse sobre o uso dos veículos veio à tona em 2015, quando após receber denúncia via redes sociais, a deputada estadual Priscila Krause (DEM) visitou o galpão da Secretaria Estadual de Saúde (SES), no Sancho, Recife,  e constatou que as ambulâncias novas estavam inutilizadas, estacionadas num galpão fechado, fato que novamente se confirmou em 2017. Em abril desse ano, Priscila Krause esteve no galpão mais uma vez – ao lado dos deputados Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB), Clarissa Tércio (PSC) e Romero Sales Filho (PTB) – quando conferiu que a situação das ambulâncias continuava a mesma – e mais: sob o risco de sucateamento. A parlamentar, que já havia apresentado manifestação ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) em 2017, decidiu representar no Ministério Público Federal (MPF), além de reportar a situação ao Ministério da Saúde.

Priscila Krause chama atenção para uma das determinações da resolução que registra ser de responsabilidade da SES a “entrega das viaturas em perfeitas condições de uso e devidamente equipadas aos municípios listados”. “É importante registrar que o governo de Pernambuco sempre se esquivou de qualquer responsabilidade sobre esse patrimônio, quando na verdade ele é o donatário dos equipamentos no termo de doação do Ministério da Saúde. Ao exigir que a Secretaria entregue aos municípios equipamentos em perfeitas condições, a resolução nos tranquiliza no sentido de que qualquer defeito de motor ou carroceria que possa ter vindo à tona após tantos anos parados, a responsabilidade será da administração estadual. O cidadão é que não pode ser novamente penalizado”, registrou. A parlamentar anunciou que seu gabinete acompanhará o processo de entrega das ambulâncias.

 

Agreste

Bezerros 1 USB

Brejo da Madre de Deus 1 USB

Caetés 1 USB

Caruaru 1 USA

Casinhas 1 USB

Iati 1 USB

Lagoa do Ouro 1 USB

Lagoa dos Gatos 1 USB

Lajedo 1 USB

Limoeiro 1 USA

Panelas 1 USB

Santa Cruz do Capibaribe 1 USA

 

Mata Norte

Aliança 1 USB

Carpina 1 USA

Chã de Alegria 1 USB

Glória do Goitá 1 USB

Lagoa do Carro 1 USB

Lagoa do Itaenga 1 USB

 

Mata Sul

Barreiros 1 USB

Catende 1 USB

Jaqueira 1 USB

Palmares 1 USA

Pombos  1 USB

Ribeirão 1 USB

Primavera 1 USB

Sirinhaém  1 USB

 

RMR

Ipojuca 1 USA

 

Fonte: Resolução CIB/PE Nº 5141, de 6 de maio de 2019

1 USA – Unidade de Suporte Avançado

1 USB – Unidade de Suporte Básico

Foto: Cecilia Sá Pereira

 

Postado por Priscila Krause às 16:06:32
________________________________________________________

Deixe seu comentário

(obrigatório)