Warning: exec() has been disabled for security reasons in /home/storage/c/f4/71/blogdepriscila/public_html/wp-content/plugins/ezpz-one-click-backup/functions/ezpz-ocb-functions.php on line 923

Warning: exec() has been disabled for security reasons in /home/storage/c/f4/71/blogdepriscila/public_html/wp-content/plugins/ezpz-one-click-backup/functions/ezpz-ocb-functions.php on line 927
Blog de Priscila » Blog Archive » Frente Parlamentar em Defesa da Hemobrás visita fábrica em Goiana
Recife, 28 de novembro de 2017

Frente Parlamentar em Defesa da Hemobrás visita fábrica em Goiana

Foto: Mariana Carvalho

Os deputados estaduais componentes da Frente Parlamentar em Defesa da Hemobrás visitaram na manhã desta segunda-feira (27) a fábrica de Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás), em Goiana (Mata Norte). Os parlamentares Priscila Krause (DEM), Socorro Pimentel (PSL), Roberta Arraes (PSB) e Ossesio Silva (PRB) foram recebidos pelo gerente de Incorporação Tecnológicas e Processos da unidade fabril, Antonio Edson Lucena. Cumprindo mais uma etapa dos trabalhos planejados pela Frente, instalada no início de outubro deste ano, os representantes do Poder Legislativo estadual conheceram todo o complexo que, quando estiver completamente concluído, contará com mais de 15 blocos.

De acordo com a deputada estadual que coordena a Frente, Priscila Krause, a visita foi fundamental para que o grupo conhecesse a grandiosidade do investimento, que tem condições de modificar por completo a realidade socioeconômica da Mata Norte e, mais importante, dar autossuficiência ao Brasil na produção nacional de hemoderivados e medicamentos recombinantes. No mundo, apenas quinze países possuem fábricas de alta complexidade para produção de hemoderivados e apenas três fabricam o fator VIII recombinante.

“É preciso que os pernambucanos tenham conhecimento sobre a dimensão desse investimento, a importância dele para a saúde pública, e como é decisivo que viabilizemos os investimentos restantes, bem como se arranje de forma positiva as relações comerciais e técnicas com as empresas parceiras”, registrou. No bloco B01, de recepção e triagem de plasma, os deputados conheceram uma área de 2,9 mil metros quadrados, onde ocorrem a recepção, triagem e estocagem do plasma humano brasileiro, matéria-prima dos medicamentos do sangue que serão produzidos no País. O plasma é armazenado numa câmara fria a -35°C.

“A permanência da fábrica da Hemobrás em território pernambucano é de grande importância para todos nós, levando em conta os recursos públicos já investidos”, registrou a deputada Roberta Arraes. “O Brasil precisa da Hemobrás”, complementou Ossesio Silva.

Desde o início de 2017, a Assembleia Legislativa acompanha as ameaças em torno da Hemobrás. Em março, a Folha de S. Paulo publicou editorial sublinhando a possibilidade de a Empresa perder espaço para o Instituto Butantan, vinculado ao governo de São Paulo. Em junho, a imprensa também noticiou a possibilidade de projeto capitaneado pelo ministro da Saúde levar a parte mais significativa do que está projetado para a planta de Goiana – a produção do fator VIII recombinante – para uma unidade a ser instalada em Maringá (PR). Após forte manifestação de representantes políticos pernambucanos, o governo federal recuou, mas as ameças permanecem. A fábrica da Hemobrás está projetada para produzir sete produtos: albumina, complexo protrombínico, fator IX plasmático, fator VIII plasmático, fator VIII recombinante, fator de von Willebrand e imunoglobulina.

Postado por Priscila Krause às 12:55:43
________________________________________________________

Deixe seu comentário

(obrigatório)