Warning: exec() has been disabled for security reasons in /home/storage/c/f4/71/blogdepriscila/public_html/wp-content/plugins/ezpz-one-click-backup/functions/ezpz-ocb-functions.php on line 923

Warning: exec() has been disabled for security reasons in /home/storage/c/f4/71/blogdepriscila/public_html/wp-content/plugins/ezpz-one-click-backup/functions/ezpz-ocb-functions.php on line 927
Blog de Priscila » Blog Archive » Por falta de pagamento, IMIP suspende atendimentos no Dom Malan, em Petrolina, denuncia Priscila Krause
Recife, 15 de dezembro de 2016

Por falta de pagamento, IMIP suspende atendimentos no Dom Malan, em Petrolina, denuncia Priscila Krause

Foto: Cecilia Sá Pereira

A deputada estadual Priscila Krause (DEM) levou ao conhecimento do plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), na manhã desta quinta-feira (15), ofício assinado pelo superintendente do Hospital Dom Malan, em Petrolina, Dr. Etiel Tavares Lins, informando da suspensão temporária dos internamentos de obstetrícia e pediatria, bem como atendimentos ambulatoriais, por “absoluta falta de recursos financeiros para o seu custeio”. Datado de hoje, o documento informa que por enquanto a unidade hospitalar atenderá apenas os casos de urgência. De acordo com apuração do gabinete da deputada, o Instituto Materno Infantil Professor Fernando Figueira (IMIP), responsável pela gestão de várias unidades de saúde em Pernambuco, dentre elas o Dom Malan, tem um crédito – serviços realizados e não pagos – de R$ 32,44 milhões com o tesouro estadual.

“Esse ofício (enviado à Central de Regulação de Leitos, a CRL) retrata não apenas o que está acontecendo em Petrolina, mas em todo Pernambuco. Se o IMIP tomou essa atitude em relação ao Dom Malan, nós podemos esperar, porque outras virão. A situação lá está insustentável”, afirmou Priscila, que conclamou a Casa de Joaquim Nabuco a tomar providências em relação à situação das Organizações Sociais (OSs) responsáveis por significativa parte da oferta de atendimento à saúde em Pernambuco. “O deputado Álvaro Porto falou há pouco de um pedido de informação sobre a situação da administração dos hospitais, dos recursos administrados pelas Organizações Sociais, e no mesmo dia nos deparamos com um expediente desse”, complementou.

O Dom Malan comporta a única maternidade de alto risco do Sertão pernambucano. Há alguns anos, a unidade esteve no centro de um impasse administrativo entre a Prefeitura de Petrolina e a Secretaria estadual de Saúde. Em 2010, a Prefeitura do município do São Francisco devolveu a gestão do Dom Malan ao governo estadual.


Postado por Priscila Krause às 12:35:36
________________________________________________________

Deixe seu comentário

(obrigatório)