Recife, 16 de setembro de 2014

Após 20 meses de gestão, PCR ainda não entregou uma nova escola sequer. Priscila Krause questiona atraso das obras

De posse de cópias de contratos, ordens de serviços e termos aditivos, a vereadora Priscila Krause (DEM) subiu à tribuna da Câmara do Recife, na tarde desta terça-feira, para questionar a gestão municipal a respeito do atraso de sete obras de construção de novas sedes de escolas municipais, um investimento na ordem de R$ 14 milhões. “Desde março do ano passado essas novas sedes são anunciadas, mas nenhuma foi inaugurada. Todas as datas prometidas pela Prefeitura já passaram. É preciso que a Secretaria de Educação se posicione, porque se trata de uma ação importante para as crianças e jovens recifenses”, afirmou.

O monitoramento da vereadora registrou que duas unidades (a Professor João Francisco de Souza, na Várzea e a Jardim Monte Verde, no Ibura), deveriam ter sido entregues ainda em novembro de 2013. As ações foram amplamente divulgadas pela imprensa oficial. Na época, a PCR prometeu que os novos equipamentos públicos já seriam utilizados pelos alunos no início do primeiro semestre letivo de 2014.

As outras cinco unidades estavam prometidas para julho deste ano, possibilitando que os estudantes as utilizassem desde agosto (Municipal de Santo Amaro, Manoel Torres, em Boa Viagem, Córrego do Euclides, José Lourenço de Lima, no Ibura e, por fim, Lutadores do Bem, em Santo Amaro), mas também ficaram na promessa. De acordo com informações registradas no Diário Oficial do Município, as datas de conclusão dessas obras foram postergadas para dezembro próximo.

Para Priscila, a gestão precisa acelerar o ritmo das ações que efetivamente mudam a realidade da cidade. “Uma gestão que se aproxima de concluir sua primeira metade, sem entregar uma nova sede de escola sequer, precisa se justificar perante a sociedade. Um investimento desse porte não pode ser prejudicado por eventual má gestão ou falta de planejamento”, concluiu Priscila.

Postado por Priscila Krause às 15:49:59
________________________________________________________

Deixe seu comentário

(obrigatório)