Recife, 02 de setembro de 2014

Priscila Krause questiona prioridades da gestão municipal e exige explicação sobre falta de recursos para terminar a Via Mangue

A vereadora Priscila Krause (DEM) questionou agora há pouco, na tribuna da Câmara do Recife, a competência da administração municipal na gestão e captação de recursos públicos. Priscila repercutiu o atraso na entrega das etapas restantes da Via Mangue. De acordo com a Prefeitura, o desajuste de cronograma ocorreu por falta de recursos. Parte da obra (trecho subúrbio-Centro) deveria ter sido entregue ontem. Para a vereadora, o fato simboliza a “falta de planejamento” da PCR.

Priscila também solicitou esclarecimentos da bancada governista e lembrou que se trata da conclusão da maior obra viária em construção na cidade do Recife. Ela disse ser “inadmissível” que uma cidade tenha dinheiro para gastar com publicidade e shows e deixe de lado temáticas prioritárias como a mobilidade. “O governo já gastou R$ 28 milhões só em publicidade de janeiro a setembro e não tem dinheiro para terminar a Via Mangue? Só a Fundação de Cultura gastou, nesse mesmo período R$ 42,9 milhões com shows e eventos e não tem dinheiro para terminar a Via Mangue?”, criticou.

A vereadora ainda lembrou que a própria Câmara aprovou uma lei que garantiria recursos para contrapartidas de obras do PAC, como a Via Mangue. “Nós vereadores aprovamos um empréstimo (lei 17.871/13) de quatrocentos milhões de reais em maio do ano passado justamente para essas contrapartidas. Como assim está faltando dinheiro?”, perguntou. A autorização para o empréstimo foi solicitada pelo prefeito Geraldo Julio (PSB) em abril de 2013 e aprovada em regime de urgência na Câmara.

Para finalizar, Priscila se disse “preocupada” com a captação de recursos por parte da Prefeitura no governo federal. Segundo ela, convênios garantidos não estão saindo do papel, a exemplo das liberações para as obras do Hospital da Mulher e do Geraldão.

Postado por Priscila Krause às 16:22:50
________________________________________________________

Deixe seu comentário

(obrigatório)