Recife, 21 de novembro de 2013

Recorde: Montada no Cais da Alfândega, árvore de Natal da PCR custará R$ 793 mil aos cofres municipais

A árvore de Natal do Cais da Alfândega, montada pela Prefeitura do Recife, custará R$ 793 mil aos cofres públicos, valor 34% superior ao contratado no ano passado. Através de processo licitatório (três empresas participaram do certame), a Fundação de Cultura Cidade do Recife contratou a mesma empresa responsável pela montagem em 2012, a Edson Lira Iluminação Ltda.. Em 2012, o objeto de decoração natalina foi contratado através de dispensa de licitação ao custo de R$ 590 mil. Na oportunidade, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) instaurou auditoria especial para averiguar a regularidade da contratação. Na época, o preço da decoração foi fortemente criticado nas redes sociais.

Mais cara, a árvore deste ano será montada em base metálica com 20 metros de altura – no ano passado, o objetivo alcançou 25 metros. Em 2010, a árvore (montada pelo consórcio Lixiki/Blachere, também contratado sem licitação) foi a mais alta: 36 metros. Posicionado sobre base composta por pallets de madeira, o objeto decorativo deste ano será iluminada por strobos e decorada por dezenas de pássaros e flores nas cores azul, amarelo e vermelho, conforme projeto contratado pela PCR à empresa “Mão Livre”, que por R$ 225 mil elaborou o conceito de decoração e iluminação para o ciclo natalino PCR/2013.

 

A Seção Fiscal do Cofre do Blog de Priscila tem por objetivo apresentar ao cidadão notícias a respeito da movimentação financeira da Prefeitura do Recife, através de informações oficiais publicadas no Diário Oficial, no Portal da Transparência ou divulgadas a partir de pedidos de informações solicitados pela vereadora. Não se tratam, necessariamente, de fatos ilícitos – configurados em denúncia -, mas de dados sempre relevantes ao cidadão-contribuinte, muitas vezes permanentemente mantidos sob sigilo por trás da cortina de fumaça dos mecanismos de controle oferecidos pela administração.

Postado por Priscila Krause às 14:57:35
________________________________________________________

Deixe seu comentário

(obrigatório)